quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Atriz bem humorada



A VJ da MTV Dani Calabresa (Furo MTV e Comédia MTV) foi eleita pelo público e levou o prêmio de Melhor Atriz de Programa Humorístico do Prêmio Arte Qualidade 2010. A cerimônia de entrega do prêmio acontece no dia 30 de novembro, terça-feira, a partir das 22h (21 em MT), no Citibank Hall, no Rio de Janeiro e serão premiados os melhores artistas e produções culturais do país, nas categorias Teatro e Televisão.



Diario de Cuiaba
 
 
.

Tudo junto e nem por isso misturado



Figuraças da nova geração do humor no Brasil, Dani Calabresa e Fabio Rabin receberam a equipe do GAZ+ nos bastidores do espetáculo que apresentaram recentemente no Guairão. A dupla falou sobre a MTV, a excelente fase da carreira e outras curiosidades.




A música parece ter ficado um pouco de lado na MTV Brasil. Nos últimos dois anos, o investimento principal do canal não tem sido em programas voltados para o universo musical. O que ganhou espaço mesmo é o humor. E se antes a emissora já foi referência no lançamento de grandes bandas e cantores, hoje funciona como trampolim para as novas caras da comédia brasileira. Gente como Dani Calabresa e Fabio Rabin, que bateram um papo bacana com o GAZ+ sobre esse momento do humor no país.




À frente do Furo MTV, ao lado do ator Bento Ribeiro, Dani é uma das figuras mais queridas da nova geração de VJs. Não é pra menos. Simpática e engraçada, ela conquistou uma grande legião de fãs – e também o coração de outro queridinho do canal, Marcelo Adnet. A dupla se casou em maio deste ano e trabalha junto no Comédia MTV. O programa também conta com os outros humoristas da emissora, entre eles, o Fabio Rabin, é claro.

Para a dupla, muito do sucesso do humor no canal se deve à liberdade que a emissora dá aos atores. “A MTV deixa a gente sugerir o que quiser. Raramente alguma ideia é barrada”, diz Dani. Um dos problemas, muitas vezes, acaba sendo o orçamento, que é limitado. “Mas é melhor ter a liberdade e ter uma limitação, do que ter uma megaprodução e ter limitação na criação”, opina Rabin.

Outro problema, de acordo com Dani, é a reação da galera a alguns personagens. “Nosso público é muito jovem, eles xingam muito na internet. A gente tem uma barreira na internet, sabe?”, fala. Ela revela que quando o pessaoal não curte alguma piada ou personagem, eles reclamam e criam comunidades maldosas. “Acho muito pobre de espírito. Se você não acha graça, não vê, mas não perca seu tempo xingando”, dispara.





 
Atores e humoristas


Um detalhe importante sobre os dois é o fato de ambos serem atores, além de humoristas. “Eu sempre fiz teatro, e você também não é?”, Dani pergunta a Rabin. No palco, além da resposta imediata do público – o que muitas vezes dita o rumo do espetáculo – , eles também destacam a liberdade com o texto. “A gente pode se soltar ainda mais. Embora a MTV dê liberdade, no teatro você pode escrachar mais”, diz Dani.

Mas quem vê a dupla hoje lotando casas de espetáculos em todo país, nem imagina a “ralação” que eles passaram quando começaram a fazer stand-up. Por isso, para eles, todo esse sucesso não é nada mais do que natural. “A gente se conheceu fazendo show de humor em bar, em 2006, 2007, junto com Danilo Gentili, Oscar Filho, Rafinha Bastos. Todo mundo trabalhou muito, de domingo a domingo, viajando o Brasil... E do nada, todo mundo entrou na tevê meio que junto, em 2008.”, conta Dani. “Foi uma progressão natural”, finaliza Rabin.


Espetáculo é garantia de risadas


Bastou a dupla Dani Calabresa e Fabio Rabin subir no palco que a galera no Guairão (o espetáculo foi apresentado no dia 24 de outubro) foi à loucura. Na plateia, gente de todas as idades. Como todo show de stand-up, no palco era apenas um pedestal, um microfone e toda criatividade do humorista. Por isso, Dani e Rabin se apresentaram separados. Vale lembrar que, mesmo com o público variado, o espetáculo tem um tom adulto, com algumas piadas mais pesadas e até mesmo palavrões.

Primeiro foi a vez de Dani. Falando sobre temas do cotidiano, ela mostrou ao vivo o porquê de tanto sucesso. Não foram poucos os momentos em que faltou ar no público, de tanto rir. Até o sotaque carregado da humorista é motivo de graça. Descendente de italianos, o apelido “Calabresa” veio do popular sabor de pizza, na época em que ela era monitora infantil. Não precisa dizer que pegou de vez.

Fabio Rabin, com pinta de galã, também arrancou muitas risadas da galera. Várias de suas piadas foram aplaudidas, inclusive aquelas que faziam referência a Curitiba. Figurinha fácil na cidade, o cara já se apresentou várias vezes por aqui. Isso até rendeu algumas brincadeiras, comparando a lotação da casa agora e há algum tempo, quando ele era menos famoso. No fim, a dupla prometeu voltar. O público, com certeza, não vai deixar de prestigiar.





Fonte: gazetadopovo.com.br



.

Mudanças na MTV registram crescimento na audiência



As mudanças realizadas na grade da MTV nos últimos anos surtiram efeito na audiência do canal. A emissora tem buscado apostar no humor para fisgar uma nova parcela do público jovem, em detrimento ao conteúdo musical, uma antiga marca do canal.
De acordo com levantamento do Ibope, a MTV registrou crescimento de 28% de sua participação entre os televisores ligados no período entre março e novembro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

 
A emissora musical tem apostado, cada vez mais, em nomes desconhecidos do público, que trabalham com stand up comedy. Depois de lançar o “15 Minutos” e o “Quinta Categoria”, desde o ano passado o canal resolveu ampliar o número de programas de humor, com a criação do “Furo MTV”, em 2009, e do “Comédia MTV”, em 2010.

 
Além de elevar seus números, a emissora musical se tornou um celeiro para revelar novos talentos do humor, como são os casos de Marcelo Adnet, Dani Calabresa, Fábio Rabin, Paulo Serra e Rodrigo Capella.






Com informações da Folha de S. Paulo.

Fonte: natelinha.uol.com.br
 
 
 
.

Após Adnet, MTV negocia com Calabresa



Vamos por partes: acertada a renovação do contrato de Marcelo Adnet, prioridade da casa, por mais um ano, a MTV Brasil inicia agora negociação para renovar o contrato da cara-metade do humorista, senhora Dani Calabresa. Embora a emissora faça segredo sobre os planos para 2011, comédia e interação com redes sociais na web (tema do Dossiê Universo MTV a ser anunciado dia 1.º) fazem a receita central da nova programação. Ainda na sexta-feira, a MTV acertou por mais dois anos os contratos com o pessoal do Quinta Categoria, a saber, Talita Werneck, Paulinho Serra e Rodrigo Capella, e também com MariMoon, com quem a casa fechou acordo para licenciamento de produtos.




+ Na fila das renovações de contrato em andamento na MTV, chegou a vez de Bento Ribeiro, que acaba de acertar sua permanência na emissora por mais um ano.



 Fonte: estadao.com.br

domingo, 21 de novembro de 2010

Dani Calabresa: diversão na vida a dois!

Ela faz sucesso nos palcos e na televisão, em um mercadopredominantemente masculino. Para isso, Dani Calabresa tem apenas uma explicação, ela sempre foi meio ‘moleque’. Era do tipo de pessoa que se destacava entre os amigos do colégio por imitar com perfeição os trejeitos daquele professor mala ou da tiazinha engraçada da lanchonete da esquina.


Então não foi necessariamente uma surpresa para a família quando Dani anunciou: ‘vou viver para fazer os outros rirem’. Mas ela nem desistiu do sonho, nem apostou todas as fichas nele, pois enquanto a carreira não engrenava e ela ainda fazia teatro amador, ganhava uma ‘grana’ em outras áreas. Já trabalhou em bancos, lojas e hotéis. Até que um belo dia foi incentivada por um amigo a fazer um stand up. Resultado? Nunca mais desceu do palco!

De lá pra cá, ela foi chamada para trabalhar na MTV e conheceu o marido, Marcelo Adnet, também nos palcos. Dani conversou com o Portal CARAS e contou detalhes sobre a profissão e confessou que está completamente apaixonada! Veja entrevista na íntegra.

- Como foi que você percebeu que comediante era a profissão certa? Sua família aprovou a escolha logo de cara?

- Sempre fiz comédia, sempre interpretei personagens cômicas e eu fazia comédia até fora dos palcos. Imitava meus professores para os amigos da escola, ou seja, sempre fui a amiga louca que fala besteira (risos). Então foi tudo muito natural pra mim. E meus pais são maravilhosos, eles sempre me apoiaram. Às vezes, só tinham eles na plateia (risos), mas estavam lá, me dando força, sempre!

- Como foi que surgiu a primeira oportunidade? Os trabalhos foram surgindo naturalmente, ou você teve que batalhar muito até a profissão realmente engrenar?

- Eu sempre trabalhei muito! Faço teatro desde criança, mas enquanto fazia cursos e peças não profissionais, eu me ‘jogava’ e trabalhava bastante. Já trabalhei em loja, em banco, fiz estágio, fui monitora de hotel, fiz eventos, só que, paralelamente, fazia cursos e peças de teatro. Até que eu comecei a fazer espetáculos infantis e Projeto Escola, participei de um concurso de humorista feminina e ganhei! Comecei a escrever textos e criar personagens, até que um dia o meu amigo Marcio Ribeiro me convenceu a fazer stand up. Fiz, adorei e não parei mais! Depois disso continuei ralando muito, fiz um monte de eventos, de shows, espetáculos, participações em rádio, televisão. Hoje, estou na MTV, mas continuo fazendo shows pelo Brasil e faço parte do Comédia Ao Vivo em cartaz até hoje aqui em São Paulo.

- O mercado da comédia, do humor, ainda é muito masculino. Como você lida com isso?

- Os homens são engraçados desde criança. A menina tem que ser comportada, delicada, educada… Já o menino pode abaixar as calças, falar palavrão, contar piada. Eu acho uma bobagem, mas as pessoas aceitam melhor que os homens façam comédia, mas como eu sou praticamente um ‘moleque’, acredito que a plateia não veja diferença (risos).

- O ‘mercado’ da comédia no Brasil é um tanto machista. Salvo exceções, a maioria dos programas de ‘humor’ prefere explorar o corpo à inteligência feminina. Gostaria de saber sua opinião sobre isso.

- Com tanta comediante boa por aí, é uma pena que alguns programas prefiram dar os papeis cômicos para os homens e só chamar mulher pra ficar pelada. Poxa! Mulher pelada não tem a menor graça, mas dá ibope. Então né… (risos)

- Na profissão, quem é que te inspira?

- Eu sou fã da Marisa Orth e da Claudia Jimenez. Eu amava o Sai de Baixo e o TV Piratatambém era muito legal! Eu amo o Peter Sellers, ele é ‘goiabão’, atrapalhado, admiro muito o trabalho dele. E adoro uma comediante chamada Shelley Long, que fazia o seriado Cheers. E agora ainda lembrei da Sandra BullockJulia Roberts, porque eu tenho muita vontade de fazer comédia romântica no cinema!

- Como é que você e Marcelo Adnet se apaixonaram? Foi uma consequência da admiração profissional que sentiam um pelo outro?

- Em outubro de 2007 eu fui para o Rio de Janeiro e assisti ao ensaio do espetáculo de improviso do Adnet, e logo no “Oi, prazer…” a gente se adorou! Nos demos superbem e rolou uma química muito forte. Até que em fevereiro de 2008 a MTV o convidou para apresentar o 15 Minutos e eu participei do piloto do Quinta Categoria. Aí deu tudo certo e a MTV nos uniu ainda mais!

- Você acha que é mais fácil ou mais difícil conviver com alguém que entende perfeitamente seu trabalho? E trabalhar com o marido, pode melhorar a relação?

- Acho mais fácil quando os dois são do mesmo meio. Porque temos uma rotina de trabalho parecida, com muitas viagens e eventos de domingo a domingo! (risos) Eu acho que é difícil para alguém que não é do meio artístico conviver com isso. E é muito tranquilo pra gente trabalhar junto, às vezes, é até melhor, porque viajamos juntos. A gente se ajuda, estudamos textos juntos e damos risada juntos, claro! (risos)

- E como vai o casamento?

- Estamos ótimos! Casar é uma delícia, ainda mais com alguém que te diverte e te faz bem. Estamos cada vez mais unidos e apaixonados. Aaaai… (suspiros)

- Já aconteceu de você estar mal-humorada e ter que subir no palco e fazer a plateia rir?

- Às vezes, estou muito cansada, ou doente, mas é impressionante como o ‘palco cura’! Parece piada, mas não é. Eu me concentro e penso: ‘Vamos nos divertir!’ Entro, me esforço para divertir quem está lá para assistir, que é o mais importante e dá tudo certo!




Fonte: Portal Caras
Folha Online



Depois de dois anos com a programação especial de verão gravada em Florianópolis (SC), a MTV muda de praia e monta seu palco em 2011 na praia do Leme, na zona sul do Rio. Um outro espaço para gravação ali perto, nas areias de Ipanema ou Arpoador, também está em negociação com a prefeitura. A mudança confirma a intenção da emissora de investir mais no mercado carioca.

Para a programação de verão, que vai ao ar de 10 de janeiro a 27 de fevereiro, serão sete atrações que vão ocupar cerca de quatro horas diárias no canal.

Entre as novidades, um talk show com Bento Ribeiro, do “Furo MTV”, e a volta do “Luau MTV”, apresentado pelas gêmeas do nado sincronizado Bia e Branca, que irá ao ar semanalmente, às segundas-feiras.
O reality “Tem Uma Banda na Nossa Casa”, que revelou a banda Restart no último verão, também está volta. Fecham a lista de programas semanais o “Quinta Categoria” e o “Programa a 2″, apresentado por Penélope.
Na programação diária está o tradicional “Top 10″, com os clipes mais votados do dia, e o “Notícias de Verão”, apresentado nesta temporada pela VJ Marina Santa Helena.

Para complementar a grade, a emissora vai investir nas reprises de programas que fizeram sucesso durante todo o ano, como “Comédia MTV” e “15 Minutos”.

O verão, porém, não será de trabalho para todos. Estrelas da casa como MariMoon, Marcelo Adnet e Dani Calabresa estarão de férias no período.



Fonte: Folha Online via ClickPB

Dani Calabresa ganha Prêmio Arte Qualidade Brasil 2010

Foram divulgados os vencedores do Prêmio Arte Qualidade Brasil 2010.

O “Comédia MTV” concorria na categoria “Melhor Programa Humorístico” e ficou em 3º lugar com quase 6 mil votos. O vencedor foi o “CQC”.

Marcelo Adnet concorria como “Melhor Ator Programa Humorístico” e ficou em 2º lugar. Bruno Mazzeo que levou o prêmio. Vale frisar que somente Mazzeo e Adnet alcançaram 10 mil votos nessa categoria.



Quem pode comemorar é Dani Calabresa, ela faturou o prêmio de “Melhor Atriz Programa Humorístico” com mais de 12 mil votos! Parabéns!

Galera, muito obrigado pelos votos e pela mobilização.
Confira abaixo a quantidade de votos de cada um dos concorrentes nas categorias de programa Humorístico.


Melhor Programa Humorístico

C.Q.C – Custe o Que Custar – Rede Bandeirantes – 12.077 Votos 
Junto e Misturado – Rede Globo – 7.932 Votos
Comédia MTV – MTV – 5.801 Votos
A Grande Família – Rede Globo – 4,044 Votos
Os Caras de Pau – Rede Globo – 2.238 Votos
Show do Tom – Rede Record – 1.150 Votos

Total de Votos Válidos nessa categoria: 33.242 votos

Melhor Ator Programa Humorístico

Bruno Mazzeo – Junto e Misturado – 12.776 Votos 
Marcelo Adnet – Comédia MTV – 10.239 Votos
Pedro Cardoso – A Grande Familia  – 3.795 Votos
Leandro Hassum – Os Caras de Pau – 3.401 Votos
Tom Cavalcante – Show do Tom  – 1.799 Votos
Marcius Melhem – Os Caras de Pau – 1.116 Votos

Total de Votos Válidos nessa categoria: 33.126 votos

Melhor Atriz Programa Humorístico

Dani Calabresa – Comédia MTV – 12.266 Votos 
Débora Lamm – Junto e Misturado – 9.149 Votos
Marieta Severo – A Grande Família – 4.721 Votos
Katiuscia Canoro – Zorra Total – 4.339 Votos
Guta Stresser – A Grande Família – 2.103 Votos

Total de Votos Válidos nessa categoria: 32.578 votos




Foto: Carlos Dellarocca Oferecimento Fábio Utumi


Selton Mello participa do Comédia MTV


Longe da televisão desde a série A Cura,  Selton Mello fará uma participação especial no último programa Comédia MTV, que vai ao ar às quartas-feiras.
O ator, conhecido por seus papeis de destaque no cinema nacional, participará de esquetes ao lado das estrelas do programa, como Marcelo Adnet, Dani Calabresa e Fábio Rabin .
O programa está previsto para ir ao ar no dia 8 de dezembro, a partir das 22h30.





sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Dani Calabresa e Nany People agitam festa cheia de humorista




A tradicional festa paulistana Menstruação, que aconteceu na noite de quinta-feira (11), no Kitsch Club, em São Paulo, deve ter sido bem divertida. Pelo menos se dependesse dos convidados.

O evento comemorou os aniversários dos apresentadores da MTV, Dani Calabresa, Paulinho Serra e Fabio Rabin, e contou com a presença de vários humoristas e comediantes de stand up comedy, dentre eles Nany People, ex-participante de A Fazenda 3.

Marcelo Adnet, marido de Dani, Paulo Bonfá e Miozinho, do Legendários, também estiveram por lá. A festa rolou a noite toda.






Fonte: Terra.com

Dani Calabresa comemora aniversário ao lado de humoristas


A noite desta quinta-feira (11) foi só alegria para Dani Calabresa, Fabio Rabin e Paulinho Serrra. Os humoristas da MTV comemoraram seus aniversários durante a festa “Menstruação”, que leva esse nome por acontecer uma vez por mês no Kitsch Club, em São Paulo. Claro que a ideia do nome que deu nome ao evento só podia ter vindo de humoristas!



Paulo Bonfá, Leonardo Miggiori, Marcelo Adnet, que é o maridão da aniversariante e Mionzinho não podiam deixar de prestigiar a festa em comemoração principalmente ao aniversário de Dani, que completou 29 anos nesta quinta-feira.


 


A drag Queen e ex-peoa Nany People foi convidada para animar o evento. Olha a cara da humorista!





Fonte: Famosidades






Parabéns Dani *O*

Hoje dia 12/11 nossa musa completa 29 aninhos.
Parabéns !!!!!


Dani com presentinhos dos fãs









quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Dani em entrevista para o Famosidades



Por Livia Lanzoni

SÃO PAULO - Ela faz parte da nova leva de humoristas
 da televisão, um time que chegou como um ar fresco para milhares de telespectadores cansados do tipo escrachado tão propagado pelas emissoras atualmente.
Com sacadas descoladas e inteligentes, ela é uma das apresentadoras do hilário telejornal “Furo MTV”, além de marcar presença também ao lado do maridão Marcelo Adnet no “Comédia MTV”. De quem estamos falando? Sim, de Dani Calabresa!
Nascida no interior de São Paulo, em São Bernardo do Campo, Daniella Giusti Barra Adnet ganhou o carinho do público nos palcos, com o show de stand-up “Comédia Ao Vivo”. O sucesso a levou para programas televisivos como “Sem Controle” e “Pânico na TV”. Em 2008, Dani estreou na MTV, sua atual emissora, com o humorístico “Quinta Categoria”.
Foi nesta época, inclusive, que Dani conheceu e se apaixonou por Adnet. Deixando um pouco de lado o jeito "goiabona", como a própria se definiu, a humorista falou sobre como é trabalhar com o amado: "É super tranquilo. A gente se diverte mesmo quando discordamos de alguma coisa. É como trabalhar com o seu amigo que você tem ataque de riso, mas confia nele e sabe que pode contar se precisar de ajuda".
E você consegue imaginar Dani Calabresa e Marcelo Adnet no altar de uma igreja? O momento histórico aconteceu, e ela tem o maior orgulho por ter seguido a tradição. "A gente decidiu casar para dar uma festa para nossos amigos, pessoas que a gente ama, e agradecer a Deus pelo presente que ele nos deu. Parece uma coisa careta, mas não é não. A gente se sente tão feliz junto que pensamos: 'Temos que compartilhar isso com a nossa família e amigos!'. E foi maravilhoso! Casar é uma delícia [risos]", disse.
Em entrevista para o Famosidades, a simpaticíssima humorista, que completa 28 anos nesta sexta-feira (12), bateu um papo sobre o sucesso na emissora musical, o lugar da mulher no humor e os planos para a carreira. Confira!




FAMOSIDADES - Dani, você ficou conhecida pelo show de stand-up "Comédia Ao Vivo", do qual ainda participa, e atualmente também apresenta os programas “Furo MTV" e está no elenco do "Comédia MTV". Como foi conquistar espaço no meio humorístico, antigamente tão habitado pelos homens e suas piadas machistas?
DANI CALABRESA - Desde criança eu sempre interpretei papéis cômicos no teatro. E sempre fui a "amiga louca" que andava com os meninos e falava besteira espontaneamente. Quando comecei a escrever textos de humor e stand-up, foi tudo muito natural pra mim.
Foi difícil se entrosar?
Acho que o público dá risada mais fácil com os homens porque eles têm a permissão social para falar palavrão e contar piadas sem problema nenhum. Apesar disso, nunca sofri nenhum preconceito. Pelo contrário, eu acho que as pessoas me consideram um "moleque" [risos].
Você conquistou o carinho do público e ganhou os holofotes pelo seu trabalho na MTV. Mesmo com essa trajetória de sucesso, você sofre ou já sofreu algum tipo de preconceito nos bastidores por ser mulher?
Não. Graças a Deus [risos]!
Fazer stand-up exige muito jogo de cintura e pouco tempo para piadas descoladas. De onde vem a inspiração para seus textos?
Eu brinco muito, o tempo todo, com vários assuntos. Falo coisas que surgem na minha cabeça durante o show, meio no improviso e vou misturando essas ideias com trechos dos textos que eu já tenho escrito. Paralelo a isso, vou tentando descobrir o que aquele público quer ouvir... O comediante "sente" se a plateia está receptiva, se dá para improvisar ou "bater um papo" com eles... Temos que ter muito jogo de cintura e bom humor.
Na hora do "vamos ver" dos palcos, já passou por alguma situação desagradável ou esqueceu o texto?
Já esqueci texto, já errei piada, já caí no palco... Tudo já me aconteceu [risos]! Mas como eu tenho uma postura de menina "goiabona", desastrada, eu adoro assumir essas falhas todas e transformá-las em mais piada. Erros são ótimos para os comediantes. É ótimo rir de si mesmo, e "se" zoar.
Você disse, em entrevista para o Jô Soares, que sempre foi muito tímida. Como foi enfrentar os palcos pela primeira vez?
Eu quase morri de vergonha [risos]! Minha mãe me empurrou para o palco e minha irmã [a atriz Fabiana Giusti], que interpretava a Branca de Neve na peça, me puxou. Eu fiz o Dunga [dos "Sete Anões"], menos mal, o único anão mudo! Acho que eu não teria conseguido falar [risos]! Mas o palco é viciante, depois dessa peça eu me apeguei ao teatro e não consegui mais parar!



Atualmente você marca presença tanto na TV como nos palcos. Como é essa relação? Em qual deles você se sente mais à vontade?
Sou completamente apaixonada pelo palco! Mas, ao mesmo tempo, me divirto tanto gravando o "Furo MTV" com o Bento [Ribeiro], e o "Comédia" com o [Marcelo] Adnet, o [Fábio] Rabin e a turma toda, que nem parece trabalho. Por isso, não consigo decidir se amo mais a TV ou o teatro. Na maioria das vezes, as pessoas ficam mais à vontade no teatro, mas a MTV é tão bacana comigo que eu fico à vontade até demais lá... Acho que amanhã até vou trabalhar de pijama [risos].
No stand-up você faz seu próprio texto. Essa liberdade também rola na televisão? Você pode dar "pitaco" no roteiro do "Furo MTV" e do "Comédia MTV"?
Sim, e muito! Em 2009, eu escrevi um roteiro para o "Furfles" junto com o Bruno Motta sobre televisão e criei uma enquete para imitar a Luciana Gimenez. No começo do ano, eu e o Rabin nos vestimos de velhinhos e improvisamos uma cena falando sobre a MTV. No meio do teste, eu dei um tapa na cara dele brincando e ele falou: "Me bate na cena toda vez que eu errar!". Os diretores do "Comédia MTV" adoraram e foi para o ar. Todo mundo cria e sugere muita coisa na MTV. Isso é muito bom pra gente! E no "Furo MTV" é a mesma coisa. Nós temos um roteiro com notícias e sugestões de piadas, mas na hora da gravação sempre tem muita coisa improvisada.
Como é trabalhar com o maridão Marcelo Adnet? Vocês conseguem separar o lado profissional do pessoal na relação ou a liberdade de casa é a mesma nos bastidores da MTV?
É super tranquilo. A gente se diverte mesmo quando discordamos de alguma coisa. É como trabalhar com o seu amigo que você tem ataque de riso, mas confia nele e sabe que pode contar se precisar de ajuda.
Como e quando vocês começaram a namorar? Tiveram que esconder dos colegas de MTV?
A gente se apaixonou no fim de 2007. Em fevereiro de 2008, ele foi convidado para gravar o piloto do “15 minutos”. Na mesma época, a MTV estava pilotando outro programa, o “Quinta Categoria”, e eles estavam procurando uma mulher comediante para fazê-lo. O Fábio Rabin, meu amigo, foi chamado para participar e me indicou. Eu fui, fiz o teste e fiquei fixa no elenco. A MTV nos uniu ainda mais. Depois de um tempo, a galera ficou sabendo que a gente namorava.
 É difícil imaginar você, toda moderna vestida de branco em uma igreja. Você sempre teve essa vontade de casar? De quem veio a idéia de casar?
A gente decidiu casar para dar uma festa para nossos amigos, pessoas que a gente ama, e agradecer a Deus pelo presente que ele nos deu. Parece uma coisa careta, mas não é não. A gente se sente tão feliz junto que pensamos: ”Temos que compartilhar isso com a nossa família e amigos!". E foi maravilhoso! Casar é uma delícia [risos]!




Você saiu de Santo André para trabalhar na megalópole de São Paulo. Essa adaptação foi difícil pra você?
Todos os meus parentes são de São Paulo, então eu conheço os lugares, não sou completamente perdida [risos]. Eu adoro Santo André, só que o trânsito em São Paulo está tão absurdo que não dá para morar longe do trabalho, acaba com a nossa saúde.
Estamos acostumados com a Dani Calabresa da MTV e dos palcos, descontraída e um tanto quanto "palhaça". Como é a Dani Calabresa no dia-a-dia, fora dos palcos e da televisão?
Acho que sou igual. Sou animada, adoro imitar meus amigos, falar besteiras para eles rirem. Sou uma pessoa normal, tenho momentos de irritação e mau-humor, mas mesmo assim, estou sempre brincando e querendo me divertir.
Na MTV seu trabalho ganhou uma projeção nacional. Você é reconhecida nas ruas? Como faz pra lidar com o assédio dos fãs?
Fico muito feliz que as pessoas gostem do "Furo MTV" e do "Comédia MTV", o carinho do público é muito bacana. Mas eu sou normal, e quero ter uma vida normal. Se você me vir na TV ou no teatro, estarei fazendo coisas loucas e engraçadas, mas na vida real sou super normal.
Quando foi e como se sentiu quando deu o primeiro autógrafo?
Fiquei feliz e um pouco assustada [risos]! Era como se, em uma hora, eu tivesse nos palcos "brincando" e me divertindo, e na outra, como se o "Brasil" estivesse me vendo e me analisando... É um pouquinho assustador! Eu nunca desejei ser famosa, sempre quis trabalhar, criar e atuar!
Você já recebeu propostas de outras emissoras? Se sim, pode falar qual e por que não aceitou?
Já, mas sinto que ainda não é o momento de parar de trabalhar na MTV. Amo fazer o “Furo MTV” e o “Comédia MTV”.
O que te faz ficar na MTV?
Adoro meus colegas de trabalho! Amo o "Furo MTV" e tenho muito orgulho desse programa, além de adorar trabalhar com o Bento e com o elenco do "Comédia". A equipe toda é muito bacana, eu também adoro os maquiadores e o pessoal dos bastidores. Tenho muito amor e gratidão pela emissora.




domingo, 7 de novembro de 2010

Dani e Bento apresentarão o EMA







No próximo domingo, dia 07/11, a MTV Brasil transmite ao vivo o EMA 2010, premiação de música da MTV Europa que rola em Madri, na Espanha.
Dessa vez quem vai comandar a premiação é a atriz Eva Longoria. E entre os shows do EMA, sempre bombásticos, estão confirmados: Rihanna, Shakira com Dizzee Rascal, Linkin Park e Katy Perry. Essa última, inclusive, promete travar uma batalha particular com Lady Gaga na premiação, já que as duas concorrem em cinco categorias cada.
Aqui nos estúdios da MTV Brasil, Dani Calabresa e Bento Ribeiro comandam a transmissão do EMA 2010 numa edição ao vivo e especial do Furo MTV. Eles vão comentar vencedores, shows e tudo o que rolar em Madri.



EMA 2010

Dia: 07/11
Exibição: domingo, às 18h
Duração: 2h30
Classificação Indicativa: Livre





Bastidores do filme CILADA.COM






BRUNO MAZZEO LEVA A SÉRIE DA TV PARA A TELA DO CINEMA

Não há dúvidas que a internet é uma das ferramentas que mais auxilia a vida contemporânea, mas a web também pode se transformar em uma enorme cilada. É a partir deste tema que se desenvolve “Cilada.com”, longa roteirizado e protagonizado por Bruno Mazzeo e dirigido por José Alvarenga, que foi responsável por levar “Os Normais” para a telona. As filmagens aconteceram em outubro e foram feitas no Rio de Janeiro. Nomes como Fernanda Paes Leme, Sergio Loroza, Carol Castro, Luciana Fregolente e Renata Castro Barbosa compõe o elenco da comédia, que conta ainda com participações de Dani Calabresa, Luis Miranda, Marcus Caruso, entre outros. Serão ao todo 63 participações.

Na comédia, Mazzeo vive Bruno, que é humilhado pela namorada Fernanda (Fernanda Paes Leme) via internet depois de traí-la. A ex coloca um vídeo na rede com cenas de intimidade dos dois quando o desempenho do namorado deixa a desejar. A partir daí ele tenta a todo o custo manter sua reputação. O que consegue, no entanto, é se meter em mais ciladas. O filme mostra o poder da internet em transformar pequenas intimidades e deslizes em fama e constrangimentos globalizados.

Acompanhamos um dia de filmagem no Espaço Cultural Sérgio Porto, onde foi gravada a participação de Dani Calabresa como apresentadora do programa de auditório ‘Regina Kelly Show’. Na cena, os personagens de Mazzeo e Fernanda participam do talk show e são humilhados pela plateia: “Como em todo sensacionalismo, as pessoas são expostas e suas emoções são jogadas ao público de maneira destruidora”, conta Alvarenga. O script do dia não andou conforme o planejado pela produção, já que Calabresa ficou presa em compromissos em São Paulo e atrasou para chegar ao set. Enquanto ela não aparecia, Fernanda Paes Leme, inspirada por sua personagem, bolou uma vingança de brincadeirinha para deixar Dani insegura: “Na hora do ensaio vou perguntar com uma carinha de nojo: ‘você vai fazer a cena assim?’. O cabeleireiro vai falar mal do cabelo dela a maquiadora não vai querer maquiá-la. Outra pessoa vai perguntar se ela e o (Marcelo) Adnet ainda estão juntos. A gente sempre arma coisas engraçadas!”.

De acordo com Bruno, o maior desafio em levar uma série para o cinema é não deixar que o filme pareça um programa esticado. Por isso, o importante é amarrar bem o roteiro e ter um problema que justifique um longa: “A gente buscou o caminho da comédia romântica, que não era o foco do seriado e inventamos uma cilada tão grande que não caberia em uma episódio comum na TV. Queremos uma comédia que seja divertida para quem não conhece o programa, mas que, ao mesmo tempo, seja fiel aos espectadores que acompanhavam na televisão”.

Alvarenga destaca que é impossível fazer um filme que se passe nos dias de hoje com personagens jovens sem mencionar as redes sociais. Viciado em Twitter, Bruno é um exemplo da afirmação do diretor: “A internet é um meio muito veloz. A gente pode fazer um vídeo agora, postar e ele será visto na China imediatamente. Amanhã ele pode ser um fenômeno. A gente brinca justamente com a velocidade com que a informação se espalha, podendo inclusive denegrir a imagem de alguém”, diz Mazzeo.

Em seu primeiro papel de destaque no cinema, Dani Calabresa se mostra muito à vontade no set. Elogiada pelo diretor, a apresentadora e humorista revela que pretende fazer outros trabalhos na telona: “Amo fazer teatro e TV, mas cinema tem uma magia. Meu sonho é fazer uma comédia romântica estilo Sandra Bullock ou Julia Roberts”.

Com previsão de estreia para abril de 2011, “Cilada.com” será lançado em uma época muito fértil do cinema nacional, que vem atraindo cada vez mais espectadores para as salas espalhadas em todo país: “É animador ver este cenário, mas os brasileiros ainda têm preconceito com os filmes feitos em casa. Se a gente tivesse pelo menos um filme bacana por mês, acho que esse preconceito ia sendo quebrado aos poucos”, afirma Mazzeo.





(fonte: www.paginadocin ema.com.br)